Mais duas alunas do curso de Nutrição do CEUNSP viajam para um período de seis meses de estágio em um spa na região de St. Laurent de Las Cabrerisse, no sul da França. Graciela Fraga, 24 anos, e Taís Ramiro do Carmo, 23, embarcam na próxima segunda-feira, dia 27.

A preparação incluiu aulas de francês e também no curso de Gastronomia, pois irão trabalhar com a produção de pratos da cozinha francesa. Elas buscam aprimorar seus conhecimentos e obter uma vivência profissional num alto nível de exigência.

A trajetória de ambas é muito parecida. Graciela é de Ibiúna e Taís, de Rinópolis. Elas iniciaram seus estudos em suas regiões e se transferiram para o CEUNSP em busca de mais oportunidades. “A região aqui oferece oportunidades para a atuação em spas, clínicas, indústrias”, lembra Taís. “No começo, a mudança sempre é difícil, depois é que a gente vê o quanto vale a pena. E já valeu a pena. Se não tivesse feito isso, não saberia o tamanho da minha capacidade”, diz Graciela.

Aprender sobre seus limites e potencialidades foi o que aconteceu com Jéssika Müller, a primeira aluna de Nutrição do CEUNSP a fazer o estágio internacional, em 2014, e que tem passado sua experiência para as novas estagiárias. Ela conta que as dificuldades que encontrou por vivenciar outra cultura, num idioma que não dominava, a tornou “muito mais forte”. “Mudou minha vida. É um crescimento pessoal muito grande, descobri que há um mundo gigante lá fora, e quero voltar”, diz ela, que teve a oportunidade de conhecer oito países nos seis meses que ficou na Europa.

Jéssika conquistou a confiança do chef e ficou responsável pelo setor de saladas e pela confeitaria do mesmo spa para onde vão Graciela e Taís. “Eles são muito exigentes e é preciso ter muita paciência e humildade. Hoje, eu entendo o grau de exigência do meu chef”, afirma. Durante o estágio, ela também teve contato com alimentos que não conhecia, o que ampliou muito seus conhecimentos de nutricionista, que já aplica na padaria que tem, na cidade de Elias Fausto. “O aprendizado é muito grande. Um simples arroz é transformado num prato maravilhoso.”

Para a coordenadora de Nutrição, Amanda Calegari, a experiência de um estágio no exterior é uma oportunidade ímpar de crescimento pessoal e profissional. “É uma vivência muito rica e intensa em todos os momentos, de trabalhar e vivenciar experiências únicas de uma cultura europeia, e de colocar à prova o aprendizado que tiveram”, aponta.

Os estágios para os alunos de Gastronomia e Nutrição do CEUNSP são desenvolvidos com a empresa La Provence, num convênio firmado em 2008. Mais de 50 alunos de Gastronomia também já participaram da experiência.