Aproveitando a comemoração de seus 60 anos de existência, o CEUNSP anuncia a restauração que acabou de realizar na chaminé e casas históricas localizadas dentro do campus.

A obra, feita com a finalidade de proteger o patrimônio de Salto, refere-se as instalações que fazem parte do patrimônio histórico da cidade, especificamente a tinturaria e a vila operária da antiga fábrica têxtil Brasital, construções que desde 2001 pertencem ao CEUNSP.

Com duração de 1 ano e realizadas pelo escritório Kruchin Arquitetura, as obras tiveram um investimento total de R$ 2,7 milhões e foram necessárias devido aos danos causados pela exposição ao tempo ao longo de seus mais de 90 anos.

As reformas se concentraram na chaminé de 40 metros de altura, que apresentava danos ocasionados por exposição ao tempo, pouso de pássaros e presença de fungos; e no conjunto de 12 casas, chamadas de “chalé dos mestres”, que apresentavam madeiramento comprometido por fissuras, excesso de umidade, além de danificações no sistema de captação de água, além de pintura comprometida.

A restauração se deu em etapas, sendo tratadas primeiro as consideradas emergenciais, como o restauro na cobertura das casas. Etapa que evitou o risco de queda de madeiramento e focou na reconstrução da alvenaria de tijolos na coroa da chaminé, mantendo as dimensões e coloração originais. Em seguida, foram feitos o restauro da estrutura e pintura dos imóveis.

Toda a reforma foi planejada respeitando os detalhes originais, por se tratar de construções históricas, assim preservando a identidade dos imóveis. Tudo feito por profissionais especializados em restauração.

O Reitor do CEUNSP, Prof. Ricardo Pereira Calegari, comentou que realizar a obra de restauro foi algo que mereceu o mesmo comprometimento dado a comemoração dos 60 anos do CEUNSP. Isto porque é uma preocupação da instituição, preservar o patrimônio histórico que a acolhe e permite formar profissionais de todas as áreas com qualidade, transmitindo respeito e conscientização ao registro histórico para os alunos e comunidade da região. Uma história a qual a CEUNSP seguirá escrevendo mais capítulos, conforme as palavras do reitor.

Em uma entrevista à ITU TV, o Reitor Prof. Ricardo Pereira Calegari, falou ainda sobre a importância da preservação do patrimônio para a região. Também falaram sobre o assunto, os arquitetos Samuel Kruchin e Xenia Rocha, que contaram mais detalhes sobre a obra minuciosa de restauro.

Clique aqui e assista a entrevista.

Veja as fotos dos imóveis que foram restaurados:

“Chalé dos Mestres” antes do restauro.

“Chalé dos Mestres” depois do restauro.

Coroa da chaminé antes do restauro.

Coroa da chaminé após o restauro.